O padrão de beleza que se baseia em mulheres absolutamente magras, com baixíssimo percentual de gordura no corpo. Essa preocupação exagerada com o corpo pode provocar um distúrbio psiquiátrico grave, cada vez mais frequente, que é a distorção da autoimagem. A pessoa se olha no espelho e vê uma figura obesa que não corresponde à realidade. Não percebe a perda de gordura nem os ossos aparentes. Sendo assim, a ingestão de alimentos diminui obsessivamente até que, em um determinado momento, não consegue mais comer e a partir daí problemas graves de saúde podem começar a se desenvolver. Sessões de psicoterapia são fundamentais para reverter este quadro e devolver a qualidade de vida para pessoas, melhorando a sua relação com os alimentos e com seu próprio corpo.






Entre em contato

Ficou interessando em alguns dos nossos serviços ou gostaria de entrar em contato, deixe seu comentário no formulário abaixo